Mídia-educação aqui e lá

Media matters – A review of media studies in schools and colleges” (“Questões sobre a mídia – uma revisão dos estudos de mídia em escolas e faculdades”) é um relatório produzido pelo English and Media Centre, com recursos do Department for Education and Skills (hoje só Department for Education), que foi publicado pela primeira vez em 2005.

O documento descreveu o estado da arte da mídia-educação inglesa, abordando 4 aspectos: o contexto cultural e educativo que promove a educação para a mídia; a presença desse conhecimento nos curriculos primário, secundário, nos chamados cursos vocacionais e na educação não-formal; a formação de professores e os recursos disponíveis para quem se propõe a ensinar o assunto.

Alguns aspectos são inimagináveis para a realidade brasileira mas, em diversos outros, a leitura do relatório mostra preocupações e dificuldades comuns. Trata-se, portanto, de uma fonte de informação relevante para pesquisadores brasileiros.

No sistema educacional inglês são ofertados os chamados cursos AS e A2 Levels, voltados a estudantes do ensino secundário que se preparam para cursar a faculdade. Os programas de estudos contemplam áreas como Economia, Química, Arte e Design, Geologia, Línguas Estrangeiras, Física, Serviços Públicos de Saúde e também Estudos de Mídia. Há uma enorme diversidade de cursos. Ao concluí-los, os estudantes se submetem a um exame realizado por uma organização credenciada pelo governo e obtêm o chamado GCSE (General Certificate of Secondary Education, ou Certificado Geral de Educação Secundária).

O relatório do EMC mosta que o GCSE de Media Studies é um dos que mais crescem em preferência pelos estudantes, assim como cresce a procura pelos chamdos cursos vocacionais em mídia. De um modo geral, o programa de estudos dos A Level enfatiza aspectos teóricos e analíticos da mídia, enquanto os cursos vocacionais têm um perfil mais técnico e prático. De fato, não temos nada parecido com os A Level, embora algumas experiências vocacionais já existam há um bom tempo como, por exemplo, os cursos oferecidos pelo Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial).

Para além desses programas específicos que só existem por aqui, a media education também está presente no currículo da escola básica, em especial nos Key Stages 3 e 4, que equivalem aos anos de formação do nosso Ensino Médio. De um modo geral, os referenciais curriculares pedem que o estudo da mídia nessa fase tenha como objetivos:

1. Mostrar como o significado é veiculado em textos que incluem a linguagem verbal, as imagens e o som;

2. Compreender como as escolhas feitas em termos de layout, apresentação e forma contribuem para criar um determinad efeito;

3. Em que medida a natureza e o propósito de uma mensagem midiática influenciam no processo de produção do conteúdo e seu significado;

4. De que modo as audiências escolhem e respondem aos produtos midiáticos.

Esses conteúdos são normalmente tratados na disciplina de Inglês, e o relatório descreve as habilidades que são normalmente esperadas dos concluintes:

1. Ler com perspicácia e engajamento, fazendo referências apropriadas aos textos [midiáticos] e desenvolver uma interpretação deles;

2. Saber distinguir fato de opinião e avaliar como cada um desses aspectos é avaliado;

3. rastrear um argumento, identificar suas implicações e reconhecer suas inconsistências;

4. Saber selecionar e coletar material apropriado de diferentes fontes e saber cruzar  e comparar esses dados;

5. Compreender e avaliar o modo como escritores usam a língua, os recursos estruturais e de apresentação para alcançar seus objetivos, comentando os modos como a linguagem usada muda.

As questões para a avaliação são feitas pelos chamados “awarding boards” e variam de organização para organização. O relatório traz alguns exemplos, entre eles a avaliação feita pela OCR (Oxford Cambridge and RSA Examinations), que apresenta um texto midiátio inédito e pede ao aluno para escrever um ensaio discutindo questões como a distinção entre fato e opinião, selecionando e cruzando informações de outros textos, evidenciando inconsistências do texto analisado.

Obviamente, esse sistema de avaliação fomenta um mercado editorial específico para os estudos de mídia. Há uma diversidade de websites, livros didáticos e outros materias multimídia específicos para o GCSE e para os A Level.

Esses são alguns exemplos:

Doing ads – Approaches for the 21st Century (Produzindo Anúncios –  Abordagens para o Século 21)

Editado pelo English and Media Centre, esse material inclui um DVD com reproduções de anúncios da Coca-Cola, da Levi’s e folhas de exercícios fotocopiáveis com atividades para os alunos aprenderem a analisar a linguagem e construir mensagens semelhantes.

 

 

 

 

 

 

 

Estudando “Cidade de Deus”

Surpresa! Um filme brasileiro virou objeto de estudos na Inglaterra. O Film Education disponibiliza um material pedagógico para professores que queiram estudar esse filme, analisando a linguagem, as representações e as respostas da audiência.

As dificuldades relatadas pelos professores também soam familiares: na maioria das vezes não há recursos tecnológicos adequados, a formação não contemplou esse conhecimento, é difícil se manter atualizado numa área que muda tanto.

No Brasil como na Inglaterra, a mídia-educação lembra aquele poema do Carlos Frummond de Andrade, “Balada do amor através das idades”. Realmente trata-se de um caso de amor que alguns educadores desenvolvem com a cultura midiática, cujo romance não conseguem concretizar por causa das dificuldades institucionais. Mas vamos tentando mesmo assim.

Anúncios

Sobre ABujokas

Sou graduada em jornalismo, doutora em educação, professora da Universidade Federal do Triângulo Mineiro e pesquisadora no campo da media literacy/mídia-educação. Embora viva na terra do boi Zebu, não tomo leite e não como carne, porque fazem mal para mim e para o meio ambiente.
Esta entrada foi publicada em London Knowledge Lab com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s